Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Julius Robert Oppenheimer ( Nova Iorque, 22 de abril de 1904 – Princeton, 18 de fevereiro de 1967) foi um físico teórico americano e diretor do Laboratório Nacional Los Alamos durante a Segunda Guerra Mundial.

    • O 'enigma' Robert Oppenheimer (1904-1967) era o coração intelectual e emocional do Projeto Manhattan, que produziu a primeira bomba atômica. Mais do que qualquer outra pessoa, ele fez da bomba uma realidade.
    • Ciência e poesia. Aparentemente, quando a psiquiatria não era suficiente para Oppenheimer, a literatura vinha em seu auxílio. Segundo Bird e Sherwin, ele leu Em Busca do Tempo Perdido, do escritor francês Marcel Proust (1871-1922), durante um feriado na Córsega (Itália).
    • O professor. Crédito, Getty Images. Legenda da foto, Robert Oppenheimer lia de tudo, desde poesia até filosofia oriental. De volta aos Estados Unidos, Oppenheimer passou alguns meses em Harvard antes de se mudar em busca de sua carreira de físico na Califórnia.
    • A filosofia hindu. No início dos anos 1930, enquanto desenvolvia sua carreira acadêmica, Oppenheimer continuou a explorar as ciências humanas. Foi nesse período que ele descobriu os textos hindus.
  2. Conheça a vida e a obra de Julius Robert Oppenheimer, o lendário cientista norte-americano que liderou o Projeto Manhattan e desenvolveu a primeira arma nuclear do mundo. Saiba como ele se tornou um defensor da paz nuclear e se arrependeu de sua criação.

  3. Robert Oppenheimer foi um físico norte-americano que ficou conhecido por ter sido o chefe do Projeto Manhattan, que criou as primeiras bombas atômicas da história.

    • Juventude E Formação
    • Projeto Manhattan E A Criação Da Bomba Atômica
    • O Arrependimento de Oppenheimer
    • Morte de Oppenheimer

    Nascido em 22 de abril de 1904 em Nova Iorque, Robert veio de uma família judia com posses. Seu pai, um alemão que vivia nos EUA, fez fortuna ao vender materiais têxteis. Com uma educação refinada, Robert Oppenheimer estudou matemática, ciências, literatura grega e francesa. Se formou em 1925 na Universidade de Harvad com a maior das honras. Dois a...

    No início dos anos 40 Oppenheimer foi convidado pelos EUA a trabalhar no Projeto Manhattan, que desenvolveria a bomba atômica. A busca pela criação dessa arma de destruição em massa foi impulsionada após os físicos Albert Einstein e Leo Szilard advertirem o governo norte-americano sobre a possibilidade da Alemanha nazista criar armas nucleares, já ...

    Depois da destruição das cidades japonesas, o físico decidiu se desligar do Projeto Manhattan e passou a presidir o Comitê Consultivo da Comissão de Energia Atômica, entre 1947 e 1952. O cientista tomou um posicionamento contrário ao uso das bombas nucleares, sobretudo da bomba de hidrogênio, e lutou pelo fim da corrida armamentista entre EUA e Uni...

    Robert Oppeneimer faleceu em 18 de fevereiro de 1967, vítima de câncer na garganta devido ao hábito de fumar. A doença foi descoberta em 1965 e ele chegou a fazer uma cirurgia e tratamentos com quimioterapia e radioterapia, mas sem sucesso, morreu aos 62 anos.

  4. 15 de abr. de 2024 · O inventor da bomba atómica travou várias guerras, desde o foro pessoal ao académico, passando pelo político. Esta é a sua história, retratada no filme de Christopher Nolan que arrecadou sete prémios na edição de 2024 dos Óscares. Actualizado a 15 de Abril de 2024, 12:28. Partilhar. DOMÍNIO PÚBLICO. Héctor Rodríguez.

  5. Por trás da invenção dessa arma devastadora, estava o físico teórico J. Robert Oppenheimer, diretor científico do Projeto Manhattan.