Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. O Caminho Sem Volta – Robert Frost. Dois caminhos, e as folhas caíam ali, E que pesar, não podia juntos viajar, E, como errante, parei e permaneci. E olhei o mais longe que consegui, Até onde as matas iriam se arrastar. E diferente do outro, este escolhi. E talvez, neste uma melhor vitória, Pois era gramado, o queria e o percorri;

  2. Robert Frost. Num bosque amarelo dois caminhos se separavam, E lamentando não poder seguir os dois. E sendo apenas um viajante, fiquei muito tempo parado. E olhei para um deles tão distante quanto pude. Até onde se perdia na mata. Então segui o outro, como sendo mais merecedor,

  3. por Robert Frost Informações desta edição projetos irmãos: item Wikidata. De Mountain Interval, 1916. Dois caminhos se separavam em um bosque amarelo, E, lamentando não poder seguir os dois, E sendo apenas um viajante, muito tempo eu fiquei parado E olhei um deles o mais distante que pude Até que se perdia na mata;

    • Robert Frost
    • O Caminho Não Escolhido
    • Poema
  4. “Um dia, nalgum lugar, uma eternidade após, eu relembraria tudo isto num suspiro: Dois caminhos divergiam numa floresta de outono, e eu, eu escolhi o menos percorrido, e isto fez toda a diferença!” — Robert Lee Frost 1874–1963 0 “Em um momento haviam dois caminhos a percorrer. Eu escolhi o menos percorrido, e isso fez toda a diferença.”

  5. 17 de abr. de 2023 · Robert Frost, 1916 Num bosque amarelo dois caminhos se separavam, E lamentando não poder seguir os dois E sendo apenas um viajante, fiquei muito tempo parado E olhei para um deles tão distante quanto pude Até onde se perdia na mata; Então segui o outro, como sendo mais merecedor, E tendo talvez melhor direito, Porque coberto de mato e querendo uso

  6. 8 de jun. de 2015 · Robert Frost. Num bosque amarelo dois caminhos divergiam, e lamentando não poder seguir os dois, e sendo apenas um viajante, segui. um deles o mais longe que pude com o olhar, até onde se perdia na mata. Tomei o outro que me pareceu mais belo, oferecendo talvez a vantagem. de uma relva que se podia pisar,

  7. www.pensador.com › autor › robert_frostRobert Frost - Pensador

    Num bosque amarelo dois caminhos se separavam, E lamentando não poder seguir os dois E sendo apenas um viajante, fiquei muito tempo parado E olhei para um deles tão distante quanto pude Até onde se perdia na mata Então segui o outro, como sendo mais merecedor, E sendo talvez melhor direito, Porque coberto de mato e querendo uso