Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Geração d'Orpheu. Revista Orpheu, primeiro número, Janeiro-Fevereiro-Março 1915, capa de José Pacheko. A Geração d'Orpheu foi o grupo responsável pela introdução do Modernismo nas artes e letras portuguesas. O nome advém da revista literária Orpheu, publicada em Lisboa no ano de 1915. Seguindo as vanguardas europeias do início do ...

  2. Key-words: Fernando Pessoa; Orpheu; Modernism; Manifestos; Plans for Publishing. Celebrou-se, em 2015, o centenário da revista Orpheu (1915), que foi o epicentro de um breve terramoto nas letras lusas, mais tarde conhecido como o Primeiro Modernismo Português. Outras revistas agitaram, sem abalar, o meio artístico de Lisboa, quase como

  3. www.literaturabrasileira.ufsc.br › documentosOrpheu Nº1 - UFSC

    "ORPHEU" REVISTA TRIP\ESTRAL RE LITERATURA PORTUGAL E BRAZIL de: ORE, Editor: ANTONIO DIRECÇÄO PORTUGAL Luiz de Montalvôr —17, do do BRAZIL Ronald de Carvalho —104, 1915 Janeiro-Fevereiro-Marça Introducção Para os "Indicios de Oiro" (poemas) Poemas O Marinheiro (drama estático) Trev sonetos Frips (prosas) Poemas Opiário e Ode Triunfal

  4. 24 de mar. de 2015 · Comemora-se hoje o centenário de Orpheu, cujo primeiro número terá saído da gráfica no dia 24 de Março de 1915. Como um grupo de rapazes de vinte e poucos anos, liderado por Pessoa e Sá ...

  5. 9 de abr. de 2017 · Fundada em 1915, a revista Orpheu constituiu uma curta mas importante aventura editorial dentro do universo modernista de inícios do século XX. Pensada enquanto projecto luso-brasileiro, esta revista teve como directores Luís de Montalvor, em Portugal, e Ronald de Carvalho, no Brasil, ficando o lugar de editor reservado a António Ferro ...

  6. Alfredo Guisado (1891-1975) organizou um caderno de recortes de imprensa sobre a revista Orpheu em 1915. Muitos desses textos coletados e arquivados no caderno de recortes foram publicados e comentados por Alfredo Guisado na sua página literária no jornal República, principalmente na década de 1960.

  7. Resumo. Cem anos volvidos sobre um dos grandes marcos culturais do século XX europeu, este livro, reunindo diferentes ângulos de observação, procura reconstituir Portugal em torno do ano de 1915. Se a revista Orpheu nasce em 1915, a verdade é que a sua origem remonta aos anos anteriores e a sua influência se prolongou até ao nosso tempo.