Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Maria Cristina de Bourbon (Madrid, 12 de dezembro de 1911 – Madrid, 23 de dezembro de 1996) foi uma Infanta da Espanha, filha do rei Afonso XIII e de sua esposa, a princesa Vitória Eugénia de Battenberg.

  2. Maria Cristina Henriqueta Desidéria Felicita Raniera[ 1] ( Brno, 21 de julho de 1858 – Madrid, 6 de fevereiro de 1929) foi a segunda esposa do rei Afonso XII e Rainha Consorte da Espanha de 1879 até 1885, depois servindo como Rainha Regente entre 1885 e 1902 durante a menoridade de seu filho Afonso XIII.

    • Nascimento E Baptismo
    • Educação
    • Deveres Reais
    • Acusação de Delitos Fiscais E Branqueamento de Capitais No Caso Nóos
    • Família
    • Títulos E Estilos

    Dona Cristina é a segunda filha do rei João Carlos I e da rainha Sofia. Foi batizada no Palácio de Zarzuela pelo Arcebispo de Madrid, sendo seus padrinhos Sua Alteza Real Dom Alfonso de Borbón, Duque de Cádiz, e Sua Alteza Real a infanta Dona María Cristina de Borbón y Battenberg.

    Cursou os estudos secundários no Colégio Santa María del Camino, ingressando em 1984 no curso de Ciências Políticas, na Universidade Complutense de Madrid. Após a licenciatura, que obteve em 1989, seguiu para um mestrado em Relações Internacionais, na Universidade de Nova York, que concluiu em 1990. Em 1991, realizou um estágio na sede da UNESCO, e...

    A 13 de Outubro de 1991, foi agraciada com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo de Portugal e a 23 de Agosto de 1996 foi agraciada com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique de Portugal. Realiza numerosas atividades institucionais, culturais, acadêmicas e de interesse social, tanto na Espanha como no exterior, especialmente no âmbito europeu e...

    À infanta foi arguida de um processo de alegado desvio de fundos públicos pelo instituto Nóos, presidido por Urdangarin entre 2003 e 2006, acusada de delitos fiscais e branqueamento de capitais. Foi arquivado o delito de branqueamento de capitais. Na sequência do processo, foi-lhe retirado, pelo rei Felipe VI, o título de Duquesa de Palma de Mallor...

    Casamento e filhos

    Contraiu matrimônio com o plebeu Iñaki Urdangarin em 4 de outubro de 1997, na Catedral Basílica de Barcelona. Com tal motivo, o rei João Carlos I lhe concedeu o título de Duquesade Palma de Mallorca, que lhe foi retirado a 12 de junho de 2015. O casal tem quatro filhos, Juan Valentín Urdangarin y Borbón, que nasceu em 29 de setembro de 1999 (24 anos); Pablo Nicolas Urdangarin y Borbón, que nasceu em 6 de dezembro de 2000 (23 anos); Miguel de Todos los Santos de Urdangarin y Borbón, que nasceu...

    Divórcio

    No dia 24 de janeiro de 2022, Cristina e Iñaki enviaram um comunicado à agência de notícias EFE anunciando oficialmente que haviam dado início ao processo de divórcio. O anúncio veio apenas alguns dias depois de uma foto de Iñaki passeando de mãos dadas com outra mulher ter se tornado pública.

    Como uma filha de um monarca espanhol, dona Cristina está legalmente autorizado para a designação e classificação de Infantacom o estilo de Sua Alteza Real. 1. 13 de junho de 1965 - 26 de setembro de 1997: Sua Alteza Real, a Infanta D. Cristina de Espanha 2. 26 de setembro de 1997 - 11 de junho de 2015: Sua Alteza Real, a Infanta D. Cristina, Duque...

  3. Maria Cristina Henriqueta Desidéria Felicita Raniera ( Brno, 21 de julho de 1858 – Madrid, 6 de fevereiro de 1929) foi a segunda esposa do rei Afonso XII e Rainha Consorte da Espanha de 1879 até 1885, depois servindo como Rainha Regente entre 1885 e 1902 durante a menoridade de seu filho Afonso XIII.

  4. Maria Cristina de Bourbon (Madrid, 12 de dezembro de 1911 – Madrid, 23 de dezembro de 1996) foi uma Infanta da Espanha, filha do rei Afonso XIII e de sua esposa, a princesa Vitória Eugénia de Battenberg. Ela era tia paterna do rei Juan Carlos I de Espanha.

  5. Maria Cristina Fernanda (Palermo, 27 de abril de 1806 – Le Havre, 22 de julho de 1878) foi a quarta e última esposa do rei Fernando VII e Rainha Consorte da Espanha de 1829 até 1833, além de regente durante a menoridade de sua filha Isabel II, entre 1833 e 1840.

  6. María Cristina De Habsburgo-Lorena, rainha consorte (1879 a 1885) de Alfonso XII da Espanha, cujo tato e sabedoria como rainha regente (1885 a 1902) para seu filho Alfonso XIII foram fundamentais para dar à Espanha um certo grau de paz e estabilidade política.