Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Isabel proclama-se rainha de Castela no dia 13 de dezembro de 1474 em Segóvia, usando como base o Tratado dos Touros de Guisando. Da Fortaleza de Segóvia dirigiu-se para a Igreja de São Miguel, junto à praça maior.

  2. Isabel I de Castela, também conhecida como Isabel, a Católica, nasceu em 22 de novembro de 1451, em Madrigal de Altas Torres e faleceu em 26 de novembro de 1504, em Medina del Campo. Não estava destinada a herdar a coroa de Castela, pois era a terceira na linha de sucessão.

    • Professora de História
  3. 24 de abr. de 2024 · Isabel I de Castela (1451-1504) foi Rainha de Castela e Leão entre 1474 e 1504 e Rainha Consorte de Aragão entre 1479 e 1504. Seu casamento com Fernando II, rei de Aragão, selou o destino da nacionalidade espanhola e deu início à unificação territorial da Espanha.

    • Biblioteconomista e Professora
  4. Enrique IV morreu em 1474, quando a Espanha encontrava-se praticamente unificada sob a bandeira do casal de monarcas: rainha de Castela e o rei de Aragão. No casamento, Isabel optou pela ...

  5. Isabel I (Madrigal de las Altas Torres, 22 de abril de 1451 – Medina del Campo, 26 de novembro de 1504), apelidada de “Isabel a Católica”, foi Rainha de Castela e Leão de 1474 até sua morte, ao lado da Rainha Consorte de Aragão de r .1479 e imperatriz titular do Império Bizantino de 1502 até sua morte. [1] Ela era filha do rei João ...

  6. Isabel I da Espanha (22 de abril de 1451 a 26 de novembro de 1504) foi a rainha de Castela e Leão por direito próprio e, por meio do casamento, tornou-se rainha de Aragão. Ela se casou com Fernando II de Aragão, unindo os reinos no que se tornou a Espanha sob o domínio de seu neto Carlos V, o Sacro Imperador Romano.

  7. Isabel I de Castela que ficou conhecida como a Rainha Católica junto com seu marido Fernando II, teve um papel importantíssimo na realização das viagens de descobrimento realizadas por Cristóvão Colombo das quais foi patrocinadora.