Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Nelson Cruz (Belo Horizonte, 20 de junho de 1957) é um artista plástico, chargista, escritor e ilustrador brasileiro. Autodidata em pintura , trabalha como pintor e ilustrador desde os anos 1970. Começou a trabalhar no mercado editorial em 1988, fazendo desde então ilustrações para dezenas de livros em várias editoras. É ...

  2. Nelson Cruz. Autodidata em desenho, tendo estudado pintura por dois anos, em Belo Horizonte, onde nasceu no ano de 1957. Desde os anos 70 é pintor e ilustrador. Começou seu trabalho no mercado editorial em 1988. Em 1999, recebeu o Prêmio Octogonal oferecido pelo Centre International d’Études en Littérature de Jeunesse, em Paris, com o ...

  3. Veja mais avaliações. Compre online Um Escritor na Capela, de Nelson Cruz na Amazon. Frete GRÁTIS em milhares de produtos com o Amazon Prime. Encontre diversos livros escritos por Nelson Cruz com ótimos preços.

    • (6)
  4. 9 de abr. de 2021 · Publicidade. PREMIAÇÃO. Ilustrador mineiro Nelson Cruz concorre a prêmio literário internacional. Escritor é candidato ao prêmio Hans Christian Andersen, considerado uma espécie de Nobel infantojuvenil, pelo conjunto de sua obra. FF. Fabíola Farias * - Esp. para o EM. 09/04/2021 04:00 - atualizado 09/04/2021 07:17.

  5. 18 de jan. de 2024 · A escritora Marina Colasanti e o ilustrador Nelson Cruz foram anunciados nesta quinta-feira, dia 18, como finalistas do prêmio Hans Christian Andersen, um dos mais importantes do mundo, considerado o Nobel da literatura infantojuvenil. Ambos foram escolhidos pelo conjunto de suas obras.

  6. 20 de jan. de 2024 · O mineiro Nelson Cruz é um dos finalistas do Prêmio Hans Christian Andersen, na categoria ilustração, pelo conjunto de sua obra. A premiação é considerada o Nobel de literatura infantojuvenil, a mais importante distinção literária do mundo neste gênero.

  7. 15 de mar. de 2023 · 'Livro ilustrado não é só para crianças, isso me aborrece', diz Nelson Cruz Indicado ao 'Nobel da literatura infantil', ilustrador leva Guimarães Rosa, Drummond e Brecht a suas obras