Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Religião. Catolicismo. Assinatura. Maria I ( Greenwich, 18 de fevereiro de 1516 – Londres, 17 de novembro de 1558) foi Rainha Reinante da Inglaterra e Irlanda de 1553 até sua morte, além de Rainha Consorte da Espanha a partir de 1556.

    • Princesa de Gales
    • Filha Bastarda
    • Perdão Do Rei
    • Rei Eduardo Vi
    • Rainha Da Inglaterra E Irlanda
    • Casamento

    Educada por sua mãe e instrutores, Maria Tudor se dedicou ao estudo da música e da linguagem. Em 1525, com 9 anos, foi proclamada Princesa de Gales e foi enviada para morar na fronteira Galesa, época em que seu pai já tentava negociar um casamento para a filha.

    Em 1527, quando Henrique VIII solicitou a anulação de seu casamento com Catarina para casar com Ana Bolena, na esperança de ter um filho varão, Maria Tudor foi declarada bastarda e privada de usufruir do título de princesa. Maria jamais admitiu sua ilegitimidade da dinastia e se negou a entrar para um convento, mesmo com risco de vida.

    Depois de três anos casado com Ana Bolena, com quem teve mais uma filha, Elizabeth, futura Elizabeth I, mas ainda sem um filho varão, Henrique VIII acusou Ana Bolena de adultério e mandou executá-la. Ofereceu perdão a Maria, com a condição de que ela o reconhecesse como chefe da Igreja da Inglaterra. Maria aceitou a exigência, aconselhada por seu p...

    Após a morte de Henrique VIII, em 1547, o herdeiro do trono foi Eduardo VI, com apenas 9 anos, filho de Henrique VIII e Jane Saymor, sua terceira esposa. A regência do trono ficou nas mãos de seu tio Eduard Seymour. O rei Eduardo VI permaneceu no trono entre 1547 e 1553. Ainda em 1547, foram introduzidas novas reformas na liturgia eclesiástica, com...

    Com a morte de Eduardo VI, em 1553, os nobres ingleses tentaram impor ao trono Lady Jane Grey, a neta da irmã mais nova de Henrique VIII, conforme acordo secreto de Eduardo e seus assessores. Porém, a rebelião foi dominada e Maria foi proclamada rainha da Inglaterra e Irlanda, a primeira rainha reinante e por direito próprio. No início, Maria I rec...

    Em 1554, com 37 anos, para assegurar a restauração religiosa, e precisando de um herdeiro católico, para evitar que o trono caísse nas mãos de sua meia-irmã e protestante Elizabeth, Maria I casou-se com seu primo e futuro rei católico, Filipe II da Espanha, filho de Carlos V. O casamento de Maria I com Filipe indignou os ingleses, que queriam que M...

    • Biblioteconomista e Professora
  2. Saiba mais sobre a vida e o reinado da rainha Maria I da Inglaterra, que restaurou o catolicismo e perseguiu os protestantes, mas morreu de câncer em 1558. Conheça sua origem, sua família, sua política, sua guerra e sua influência na história da Inglaterra.

    • Mark Cartwright
  3. 16 de mar. de 2020 · Mary I decidiu que ficaria na Inglaterra e lutaria por seus direitos. Dessa maneira, ela conquistou os exércitos de seus antagonistas e recebeu apoio dos nobres. Além disso, ela e Elizabeth foram até a capital como rainha e a outra como rainha em espera. Ela começou um reinado que beneficiaria os católicos.

  4. Mary I (Greenwich, 18 de fevereiro de 1516 – Londres, 17 de novembro de 1558) foi rainha da Inglaterra e da Irlanda de 1553 até sua morte, e rainha da Espanha de 1556. Filha de Catarina de Aragão, a primeira esposa de Henrique VIII, serviu como a quarta e penúltima monarca Tudor.

  5. Maria I ( Greenwich, 18 de fevereiro de 1516 – Londres, 17 de novembro de 1558) foi Rainha Reinante da Inglaterra e Irlanda de 1553 até sua morte, além de Rainha Consorte da Espanha a partir de 1556. Sendo filha de Henrique VIII com sua primeira esposa, Catarina de Aragão, atuou como o quarto e penúltimo monarca da Casa de Tudor.

  6. www.biog.com.br › maria_i_da_inglaterraMaria I da Inglaterra

    Conheça a vida e a obra de Maria I da Inglaterra, a última Rainha Católica e a Primeira Rainha da Dinastia Tudor. Saiba como ela derrubou o Protestantismo, melhorou a economia, ampliou os territórios e promoveu a cultura e a história da Inglaterra.

  1. Buscas relacionadas a maria i da inglaterra

    rainha maria i da inglaterra