Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. 12 de abr. de 2016 · Por Victor Bianchin. Atualizado em 22 fev 2024, 10h27 - Publicado em 12 abr 2016, 16h42. (Zé Otávio/Mundo Estranho) ILUSTRA Zé Otávio. O Beatle foi morto com quatro tiros por um fã obcecado. O crime ocorreu em 8 de dezembro de 1980, em Nova York, na frente do edifício Dakota, onde Lennon morava com a esposa, Yoko Ono, e o filho, Sean.

  2. Assassinato de John Lennon; Na foto é possível observar o edifício Dakota, onde ocorreu o atentado. Local Edifício Dakota, Nova Iorque, NY, EUA: Data 8 de dezembro de 1980 (43 anos) 22h50min (aproximado) Tipo de ataque assassinato: Arma(s) Revólver.38 Special de Charter Arms Mortes John Lennon: Vítimas John Lennon, Yoko Ono: Responsável(is)

  3. 8 de dez. de 2020 · Há 40 anos, em 8 de dezembro de 1980, o ex-Beatle John Lennon foi morto a tiros quando voltava para sua casa no Edifício Dakota, em Nova York. Tom Brook, da BBC, foi o primeiro jornalista...

  4. 9 de mai. de 2020 · John Lennon, fundador e vocalista dos Beatles, teve uma morte trágica em 8 de dezembro de 1980, numa segunda-feira, cerca de 22 horas. O músico foi assassinado por Mark David Chapman quando chegava ao ao Edifício Dakota, prédio no qual morava em Nova York. Foram 5 tiros, quatro acertaram o astro.

  5. 12 de jul. de 2023 · No dia 8 de dezembro de 1980, o mundo da música viveu uma de suas maiores tragédias: John Lennon foi assassinado aos 40 anos de idade por Mark David Chapman.

  6. 8 de dez. de 2022 · O artista foi morto por Mark David Chapman, em 1980 e foi condenado a prisão perpétua. Chapman atirou em Lennon com uma pistola calibre. 38, disparando 5 tiros contra o astro, atingindo o cantor nas costas 4 vezes. Algumas horas antes, ele teria pedido ao ex-Beatle que autografasse uma cópia do álbum “Double Fantasy”. Passado difícil.

  7. Carta confidencial de J. Edgar Hoover sobre a vigilância do FBI sob John Lennon. Após a morte de Lennon, o historiador Jon Wiener apresentou uma solicitação do Freedom of Information Act para arquivos do FBI que documentou o papel da Repartição na tentativa de deportação do músico. [301]