Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. 26 de jul. de 2022 · 1. Persuasão A última adaptação da obra literária de Jane Austen, Persuasão (2022), acaba de entrar em cartaz na Netflix. É uma versão mais apimentada de um romance mais discreto publicado em 1818. Por isso, alguns críticos, como Kathryn VanArendonk, da New York Magazine, apontam que o filme destoa do tom triste retratado no livro.

    • Claudia
    • Orgulho e Preconceito (1940) Ok, talvez essa não seja uma grande surpresa, mas a primeira vez em que um livro de Jane Austen virou filme foi em 1940, na adaptação do romance clássico “Orgulho e Preconceito (1813)”.
    • As Patricinhas de Beverly Hills (1995) Qualquer semelhança entre a personagem Cher Horowitz (Alicia Silverstone) e o livro “Emma (1815)”, de Jane Austen, não é mera coincidência.
    • Razão e Sensibilidade (1995) Baseado no romance homônimo de Jane Austen, o longa “Razão e Sensibilidade” tem Emma Thompson na direção e no elenco. Ele conta a história das irmãs Dashwood – Elinor (Thompson), uma mulher reprimida pela sociedade, e Marianne (Kate Winslet), mais sensível e extravagante.
    • Emma (1996) Além de inspirar “As Patricinhas de Beverly Hills”, o romance “Emma (1815)” também ganhou a sua própria adaptação, em 96. Nele, Gwyneth Paltrow (com 24 anos, na época), é responsável pelo papel da protagonista que, como já era de se esperar, dá nome ao filme.
    • Por que tanto sucesso? O que garante um lugarzinho na estante de muita gente é a linguagem atual, que nunca se torna obsoleta com o passar dos anos. Além disso, com discurso indireto, Jane abusou da intertextualidade e procurou alinhar seu texto ao cotidiano das pessoas.
    • 1 - Orgulho e Preconceito (2005) Este drama romântico foi indicado a quatro categorias do Oscar e tem a atriz Keyra Knightley e o ator Matthew Macfadyen como protagonistas.
    • 2 - Razão e Sensibilidade (1995) Foi o primeiro livro de Jane a ser publicado, em 1811, e o filme é uma adaptação da história real. Após a morte do marido, uma viúva e as três filhas enfrentam dificuldades financeiras, pois maior parte da herança ficou para um filho do primeiro casamento que não amparou as irmãs, como seu pai pediu.
    • Emma (1996) Essa história se passa na Inglaterra rural do século XIX, com a atriz Gwyneth Paltrow como protagonista. Ela é uma jovem bonita e inteligente que vive tranquilamente com o pai viúvo.
    • Amor e Amizade. Século XVIII. Viúva há poucos meses, a bela Lady Susan Vernon (Kate Beckinsale) foge das fofocas sobre seus casos amorosos buscando refúgio na fazenda dos antigos cunhados.
    • Orgulho e Preconceito. Inglaterra, 1797. As cinco irmãs Bennet – Elizabeth (Keira Knightley), Jane (Rosamund Pike), Lydia (Jena Malone), Mary (Talulah Riley) e Kitty (Carey Mulligan) – foram criadas por uma mãe (Brenda Blethyn) que tinha fixação em lhes encontrar maridos que garantissem seu futuro.
    • Amor e Inocência. 1795. Jane Austen (Anne Hathaway) tem 20 anos e começa a se destacar como uma escritora. Enquanto ela está mais interessada em desvendar o mundo, seus pais querem que ela logo se case com um homem rico, que possa assegurar seu status perante a sociedade.
    • Razão e Sensibilidade. Em virtude da morte do marido, uma viúva e as três filhas passam a enfrentar dificuldades financeiras, pois praticamente toda a herança foi para um filho do primeiro casamento, que ignora a promessa feita no leito de morte de seu pai que ampararia as meias-irmãs.
  2. 12 de dez. de 2021 · Vanessa Sand No século 20, escritoras como Virginia Woolf, Clarice Lispector, Toni Morrison, Rachel de Queiroz, Pearl S. Buck e Agatha Christie conseguiram ver o sucesso de suas obras. No final do século 19, algumas mulheres conseguiram se destacar no cenário literário, publicando obras com seu nome impresso nas capas de seus livros.

    • jane austen livros que viraram filmes1
    • jane austen livros que viraram filmes2
    • jane austen livros que viraram filmes3
    • jane austen livros que viraram filmes4
    • jane austen livros que viraram filmes5