Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Saiba tudo sobre o movimento cubista: origem, fundadores, fases analítica e sintética, sua influência no Brasil, principais obras e artistas cubistas. Além disso, teste seus conhecimentos com exercícios do Enem e vestibulares.

  2. Cubismo foi uma das vanguardas artísticas do início do século XX, com expoentes nas artes visuais e na literatura. Trata-se de um movimento artístico revolucionário, cuja principal ...

  3. São características do cubismo: Geometrismo: representação da realidade por meio de figuras geométricas. Antitradicionalismo: rompe com os conceitos de harmonia, proporção, beleza e perspectiva. Fragmentação das formas e distorção da realidade. Oposição à ideia de arte como imitação da natureza.

  4. O cubismo é um movimento artístico que surgiu no século XX, nas artes plásticas, tendo como principais fundadores Pablo Picasso e Georges Braque e tendo se expandido para a literatura e a poesia pela influência de escritores como John dos Passos e Vladimir Maiakovski.

  5. Cubismo é um movimento artístico vanguardista europeu, que surgiu na França no começo do século XX e se caracteriza pela utilização de formas geométricas para retratar a natureza. O cubismo foi fundado em Paris, através do renomado artista espanhol Pablo Picasso (1881–1973) e do francês Georges Braque (1882–1963).

  6. 19 de mar. de 2024 · O Cubismo foi um movimento artístico de vanguarda que surgiu na França entre 1907 e 1914. Ele marcou o circuito europeu, fundando uma nova estética, e teve como membros grandes nomes como Pablo Picasso, Georges Braque, Juan Gris, Fernand Léger, e o escritor Guillaume Apollinaire.

  7. www.historiadasartes.com › arte-seculo-20 › cubismoCubismo | Historia das Artes

    História das Artes > No Mundo > Arte no Século 20 > Cubismo. Historicamente o Cubismo originou-se na obra de Cézanne, pois para ele a pintura deveria tratar as formas da natureza como se fossem cones, esferas e cilindros. Para Cézanne, a pintura não podia desvincular-se da natureza, tampouco copiava a natureza; de fato, a transformava.

  1. As pessoas também buscaram por