Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Ricardo Plantageneta (21 de setembro de 1411 – 30 de dezembro de 1460), duque de Iorque, conde de Cambridge e de March, foi o líder da casa de Iorque durante os primeiros anos da Guerra das Rosas. [ 1 ] [ 2 ] Era filho de Ricardo de Conisburgh, 3.º Conde de Cambridge , executado por traição em 1415 , e de Ana Mortimer, herdeira ...

  2. Ricardo-III, Duque de Iorque, quem foi ele? Richard Plantagenet (21 de setembro de 1411 – 30 de dezembro de 1460), duque de York, conde de Cambridge e conde de março, foi o chefe da Casa de York no início da Guerra das Rosas.

  3. Ricardo Plantageneta, duque de Iorque, conde de Cambridge e de March, foi o líder da casa de Iorque durante os primeiros anos da Guerra das Rosas. Era filho de Ricardo de Conisburgh, 3.º Conde de Cambridge, executado por traição em 1415, e de Ana Mortimer, herdeira do condado de March.

  4. Ricardo III (2 de outubro de 1452 – 22 de agosto de 1485) foi rei da Inglaterra de 26 de junho de 1483 até sua morte em 1485, sendo o último rei da dinastia Plantageneta e de seu ramo cadete, a Casa de Iorque.

  5. 5 de mai. de 2016 · História. Ricardo III e Leicester: a redenção de um rei maldito e o maior feito da história do futebol. Ricardo nasceu em 1452 como um nobre sem grandes expectativas de poder na Inglaterra, já que era o mais novo filho de Ricardo Plantageneta, o terceiro Duque de York. Mas mudanças repentinas no destino era com ele mesmo.

    • Super
  6. Introdução à Tragédia do Rei Ricardo Terceiro. O fascinante governante maléfico que nomeia Ricardo III já apareceu na terceira parte de Henrique VI, na sequência de quatro peças que formam a primeira incursão de Shakespeare na história Inglesa. No último episódio dessa tetralogia, Ricardo, Duque de Gloucester, encontra-se totalmente ...

  7. Ricardo Plantageneta (21 de setembro de 1411 – 30 de dezembro de 1460), duque de Iorque, conde de Cambridge e de March, foi o líder da casa de Iorque durante os primeiros anos da Guerra das Rosas. [1] [2] Era filho de Ricardo de Conisburgh, 3.º Conde de Cambridge, executado por traição em 1415, e de Ana Mortimer, herdeira do condado de March.