Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Ricardo de Shrewsbury, Duque de Iorque e Norfolk e Conde de Nottingham (17 de agosto de 1473 – ?) foi duque de Iorque e segundo filho do rei Eduardo IV de Inglaterra e de Isabel Woodville e irmão mais novo de Eduardo V. [1] [2] Biografia

  2. Ricardo Plantageneta (21 de setembro de 1411 – 30 de dezembro de 1460), duque de Iorque, conde de Cambridge e de March, foi o líder da casa de Iorque durante os primeiros anos da Guerra das Rosas. [ 1 ] [ 2 ] Era filho de Ricardo de Conisburgh, 3.º Conde de Cambridge , executado por traição em 1415 , e de Ana Mortimer, herdeira ...

  3. Ricardo de Iorque, 3º Duque de Iorque 1425–1460 também: Senhor Protetor da Inglaterra, Príncipe de Gales e Conde de Chester, Duque da Cornualha (1460); Conde de Ulster (1264), Conde de March (1328), Conde de Cambridge (1414, restaurado em 1426), Senhor feudal de Clare (entre 1066–1075), Barão Mortimer de Wigmore (1331) 21 de setembro de ...

  4. Ricardo-III, Duque de Iorque, quem foi ele? Richard Plantagenet (21 de setembro de 1411 – 30 de dezembro de 1460), duque de York, conde de Cambridge e conde de março, foi o chefe da Casa de York no início da Guerra das Rosas.

  5. Como Ele Apareceu na História Real? Ricardo foi criado para se tornar um grande líder e isso aconteceu. Ele serviu como governador de vários territórios da Inglaterra e foi nomeado duque de York em 1385. Ele também serviu como regente durante o reinado do rei Henrique IV da Inglaterra.

  6. 5 de mai. de 2016 · Por Felipe van Deursen. Atualizado em 15 jun 2018, 18h52 - Publicado em 5 Maio 2016, 19h41. Ricardo nasceu em 1452 como um nobre sem grandes expectativas de poder na Inglaterra, já que era o mais novo filho de Ricardo Plantageneta, o terceiro Duque de York. Mas mudanças repentinas no destino era com ele mesmo.

  7. Ricardo Coração de Leão, por Matthew Paris. Ricardo tornou-se então rei da Inglaterra, duque da Normandia e conde de Anjou, sucedendo ao pai que detestava, sendo coroado em 3 de setembro, na Abadia de Westminster. Livre para perseguir os seus próprios interesses, Ricardo não permaneceu muito tempo na Inglaterra.