Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Entenda o problema do mal, uma crítica à existência de Deus como onipotente e benevolente, e a resposta do livre-arbítrio. Veja exemplos, referências e planos de aula de filosofia.

  2. criticanarede.com › fil_malO problema do mal

    • Deus
    • Respostas Possíveis
    • O Argumento
    • A Defesa Do Argumento
    • Conclusão
    • Leituras
    • GeneratedCaptionsTabForHeroSec

    O argumento do mal contra a existência de Deus só se coloca quando se discute a existência de Deus tal como é defendida pelos teístas. Deus sabe tudo, pode fazer tudo, é infinitamente bom e criou o universo. Por saber tudo, sabe da existência do mal; por poder fazer tudo, pode eliminar o mal; por ser bom, quererá eliminar o mal; e por ter criado o ...

    Assim, sendo Deus omnipotente, omnisciente, infinitamente bom e criador, como conseguimos compatibilizar o mundo que conhecemos, repleto de mal e sofrimento, com a Sua existência? Há diversos caminhos para responder a esta questão. Podemos justificar a existência do mal com base em bens maiores, proporcionados por esse mal. Temos assim o argumento ...

    Quando afirmamos que a quantidade de mal existente no mundo é incompatível com a existência de Deus estamos a afirmar duas coisas simultaneamente: 1. Há demasiado mal no mundo. 2. É possível a existência de um mundo melhor. Caso 2 seja falsa, Deus, mesmo sendo omnipotente, terá criado o melhor dos mundos, pelo que o argumento do mal perde a sua for...

    Vou agora apresentar argumentos que defendem que 2' é falsa — que não é possível que exista um mundo que os seus habitantes considerem suficientemente bom. Analisemos antes de mais nada aquilo a que chamamos “sofrimento”. Quanto a mim, todo o sofrimento resulta de uma Necessidade por satisfazer. Temos as necessidades físicas, que são necessidades n...

    Prova-se assim que a existência de um mundo considerado bom pelos seus habitantes é logicamente impossível, pelo que um mundo considerado mau pelos seus habitantes não se torna incompatível com Deus. O nosso mundo é considerado mau pelos seus habitantes; mas daí não se segue que é incompatível com Deus. Faço notar, para finalizar, que o argumento q...

    Richard Swinburne, “Por que Razão Deus Permite o Mal” in Será que Deus Existe?, Cap. 6 (Gradiva, 1998)
    Brian Davies, “God and Evil” in An Introduction to the Philosophy of Religion, cap. 3 (Oxford University Press, 1993)
    J.L. Mackie, The Miracle of Theism(Oxford, 1982)

    O autor analisa o argumento contra a existência de Deus baseado no mal no mundo e propõe uma resposta filosófica. Defende que o mal não é incompatível com a bondade de Deus e que o livre-arbítrio é um bem maior que o mal.

  3. 15 de nov. de 2023 · O problema do mal: conciliar a existência do mal e de um deus benevolente. 6 minutos. Reconhecemos o mal quando o vemos, mas já paramos para pensar o que é e por que existe? Neste artigo exploraremos essas questões de uma perspectiva filosófica.

  4. Se Deus é tão bom, por que seu mundo é tão ruim? Conheça o que Santo Agostinho diz sobre o problema do mal.

  5. 12 de fev. de 2022 · Um artigo que explica a teoria de Santo Agostinho sobre o problema do mal, baseada na filosofia neoplatônica e no cristianismo. Ele distingue três tipos de mal: metafísico, moral e físico, e defende que o mal é um defeito na criação de Deus.

  6. Na filosofia da religião, o problema do mal é a questão de como conciliar a existência do mal com o de uma divindade que é, tanto em termos absolutos ou relativos, onipotente, onisciente e benevolente.

  7. Este artigo analisa o conceito de mal em três dimensões: ontológica, moral e física, e a relação entre o mal e o livre-arbítrio. O autor discute a teoria ética de Agostinho, baseada no amor, e a sua implicação na moral humana.

  1. As pessoas também buscaram por