Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Medalha do Pacificador. A Medalha do Pacificador foi cunhada pela Portaria nº 345, de 25 de agosto de 1953, como evocação às homenagens prestadas a Luís Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias, por ocasião do sesquicentenário de seu nascimento. [ 1] Foi instituída pelo Decreto nº 37.745, de 17 de agosto de 1955.

  2. Foi instituída pelo Decreto nº 37.745, de 17 de agosto de 1955. É uma condecoração criada para galardoar militares e civis, nacionais ou estrangeiros, que tenham prestado assinalados serviços ao Exército brasileiro, elevando o prestígio da Instituição ou desenvolvendo as relações de amizade entre o Exército Brasileiro e os de outras nações.

  3. PORTARIA Nº 724-Cmt Ex, DE 25 DE JUNHO DE 2015. Aprova as Normas Reguladoras da Medalha do Pacificador e dá outras providências. O COMANDANTE DO EXÉRCITO, no uso da competência que lhe confere art. 4º da Lei Complementar nº 97, de 9 de junho de 1999; pelos incisos I e XIV do art. 20 da Estrutura Regimental do Comando do Exército ...

  4. Esta página foi editada pela última vez às 19h31min de 27 de maio de 2024. Este texto é disponibilizado nos termos da licença Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional (CC BY-SA 4.0) da Creative Commons; pode estar sujeito a condições adicionais.

  5. www.sgex.eb.mil.br › index › medalha-do-pacificadorMedalha do Pacificador - eb

    Medalha do Pacificador. 3. Ir para o rodapé 4. Acessibilidade. Secretaria-Geral do Exército. (SGMG/1938) Página inicial > Medalha do Pacificador.

  6. www.legiaodainfantaria.eb.mil.br › htm › cumprimentos-medLegião da Infantaria - eb

    MEDALHA DO PACIFICADOR. A Medalha do Pacificador foi mandada cunhar pela Portaria nº 345, de 15 de agosto de 1953, como evocação às homenagens prestadas ao Duque de Caxias - Luiz Alves de Lima e Silva, por ocasião do sesquicentenário de seu nascimento. O Governo da República em 1954, autorizou o uso dessa condecoração nos uniformes militares.

  7. Medalha do Pacificador. Descrição. Mandada cunhar pela Portaria nº 345, de 25 de agosto de 1953, como evocação às homenagens prestadas ao Marechal Luís Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias, por ocasião do sesquicentenário de seu nascimento. Instituída pelo Decreto nº 39.745, de 17 de agosto de 1955,