Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Maria, Princesa Real e Condessa de Harewood (nome pessoal em inglês: Victoria Alexandra Alice Mary; Sandringham, 25 de abril de 1897 – Harewood, 28 de março de 1965), foi um membro da família real britânica, a única filha do rei Jorge V do Reino Unido, e de sua esposa, a rainha consorte Maria de Teck, foi tia paterna da rainha ...

  2. Mary, Princesa Real e Condessa de Harewood (Victoria Alexandra Alice Mary; 25 de abril de 1897 - 28 de março de 1965), era a única filha do Rei George V e da Rainha Mary. Ela era irmã dos reis Eduardo VIII e Jorge VI , e tia do atual monarca britânico, a rainha Elizabeth II .

  3. Maria, Princesa Real e Condessa de Harewood (nome pessoal em inglês: Victoria Alexandra Alice Mary; Sandringham, 25 de abril de 1897 – Harewood, 28 de março de 1965), foi um membro da família real britânica, a única filha do rei Jorge V do Reino Unido, e de sua esposa, a rainha consorte Maria de Teck, foi tia paterna da rainha Elizabeth ...

  4. Maria, Princesa Real e Condessa de Harewood. Da wiki Vikidia. Ir para: navegação, pesquisa. Maria, Princesa Real e Condessa de Harewoodé uma princesa da Casa de Windsor. Obtida de "https://pt.vikidia.org/w/index.php?title=Maria,_Princesa_Real_e_Condessa_de_Harewood&oldid=10304". Categorias:

  5. Já Kate Phillips é Maria, Princesa Real e Condessa de Harewood e Stephen Campbell Moore é o misterioso capitão Chetwode. Leia também Como se cria uma tiara icónica? Uma grande família "Senti que havia muito pouca distância hierárquica entre os atores, os produtores do dia, a equipa e os chefes de departamento.

    • Aline Fernandez
  6. Henrique Lascelles com a esposa Maria. Nascimento 9 de setembro de 1882 Londres, Inglaterra, Reino Unido: Morte 23 de maio de 1947 (64 anos) West Yorkshire, Inglaterra: Sepultado em All Saint's Church, Harewood, Inglaterra: Nome completo Henry George Charles Lascelles: Cônjuge Maria, Princesa Real e Condessa de Harewood ...

  7. História Harewood House em A Complete History of the County of York, por Thomas Allen (1828–30), mostrando o palácio antes de Barry alterar as fachadas e acrescantar um piso extra aos pavilhões.