Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. María I, de nombre María Estuardo (en inglés: Mary Stuart, Mary Stewart o Marie Steuart; [iii] 8 de diciembre de 1542-8 de febrero de 1587), fue reina de Escocia del 14 de diciembre de 1542 al 24 de julio de 1567. Única hija legítima de Jacobo V, con seis días de edad sucedió a su padre en el trono escocés.

  2. Maria (Palácio de Linlithgow, 7 ou 12 de dezembro de 1542 – Castelo de Fotheringhay, 8 de fevereiro de 1587), também conhecida como Maria Stuart ou Maria I, foi a Rainha Reinante da Escócia de 14 de dezembro de 1542 até sua abdicação em 24 de julho de 1567.

  3. Maria I da Inglaterra. Nota: Este artigo é sobre a rainha da Inglaterra. Para outras com o mesmo nome, veja Maria I. Maria I ( Greenwich, 18 de fevereiro de 1516 – Londres, 17 de novembro de 1558) foi Rainha Reinante da Inglaterra e Irlanda de 1553 até sua morte, além de Rainha Consorte da Espanha a partir de 1556.

  4. Mary of Guise. Religion. Roman Catholicism. Signature. Mary, Queen of Scots (8 December 1542 – 8 February 1587), also known as Mary Stuart [3] or Mary I of Scotland, [4] was Queen of Scotland from 14 December 1542 until her forced abdication in 1567. The only surviving legitimate child of James V of Scotland, Mary was six days old when her ...

  5. Maria, também conhecida como Maria Stuart ou Maria I, foi a Rainha Reinante da Escócia de 14 de dezembro de 1542 até sua abdicação em 24 de julho de 1567. Também foi Rainha Consorte da França como esposa de Francisco II de 10 de junho de 1559 a 5 de dezembro de 1560.

  6. María I, de nome María Estuardo (inglés: Mary Stuart, Mary Stewart ou Marie Steuart); [i] nada o 8 de decembro de 1542 e finada o 8 de febreiro de 1587), foi raíña de Escocia do 14 de decembro de 1542 ao 24 de xullo de 1567. Única filla lexítima de Xacobe V, con seis días de idade sucedeu ao seu pai no trono escocés.

  7. 5 de jun. de 2020 · Maria, Rainha dos Escoceses, era impopular na Escócia, tanto por sua vida particular quanto pelas convicções religiosas. Fugindo para a Inglaterra, ela acabou presa por sua prima Elizabeth I. Maria acabou executada por ordens da rainha inglesa, que descobriu os planos da prima para assassiná-la.