Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Luís Fernando da Baviera (Madrid, 22 de outubro de 1859 - Munique, 23 de novembro de 1949) foi um príncipe da Baviera e infante de Espanha. [1] Era filho do príncipe Adalberto da Baviera e da infanta Amália da Espanha. Luís Fernando da Baviera casou em Madrid, em 2 de abril de 1883, com Maria da Paz da Espanha, sua prima.

  2. 19 de nov. de 2021 · Luís II da Baviera: a estranha morte do “rei louco”. Enclausurado durante toda a vida num mundo de fantasia e afastado das decisões políticas, Luís II foi declarado incapaz. Três dias depois, apareceu afogado num lago. Actualizado a 19 de Novembro de 2021, 10:44. Partilhar.

  3. Luís II ( Munique, 25 de agosto de 1845 – Lago de Starnberg, 13 de junho de 1886 ), apelidado de "Rei Cisne" ou "Rei de Conto de Fadas", foi o Rei da Baviera de 1864 até ser deposto três dias antes de sua morte. Era o filho mais velho do rei Maximiliano II e sua esposa, a princesa Maria da Prússia . Ele ascendeu ao trono aos dezoito anos ...

    • Oto
  4. Luís Fernando da Baviera foi um príncipe da Baviera e infante de Espanha.[1] Era filho do príncipe Adalberto da Baviera e da infanta Amália da Espanha.

  5. Luís da Baviera ( Munique, 22 de junho de 1913 – Starnberg, 17 de outubro de 2008) foi um príncipe bávaro da Casa de Wittelsbach . Início de vida. Luís com sua mãe Isabel em 1914. O príncipe Luís nasceu em 22 de junho de 1913 no Palácio Nymphenburg, no então Reino da Baviera.

    • Luís Carlos Maria Antônio José
  6. O Rei Louco. Nascido em 1845, Luís II da Baviera foi conhecido como o inadaptado ou o “O Rei Louco” devido ao seu caráter romântico e sonhador que fez com que ele se fechasse em si mesmo e em seu mundo de fantasia. Luís II da Baviera é o criador de alguns dos castelos mais especiais da Alemanha e de todo o mundo.

  7. 6 de jun. de 2020 · Luís II, e os castelos da Baviera nos quais o monarca residiu são um magnífico argumento para percorrer o Sul deste estado federal alemão. Melancólico e sonhador, Luís II (1845-1886) viveu para a poesia, para a arte e para a música, especialmente a de Richard Wagner, um compositor seu protegido e cujas obras o inspiraram na criação dos seus paraísos particulares.