Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. José I (Viena, 26 de julho de 1678 – Viena, 17 de abril de 1711) foi Imperador Romano-Germânico e Arquiduque da Áustria de 1705 até sua morte. [1] [2] Era filho do imperador Leopoldo I e sua terceira esposa Leonor Madalena de Neuburgo.

  2. O Imperador era o soberano do Sacro Império Romano-Germânico (800/962 – 1806), antecessor de diversos países, quase todos na Europa Central.

  3. José I foi Imperador Romano-Germânico e Arquiduque da Áustria de 1705 até sua morte. Era filho do imperador Leopoldo I e sua terceira esposa Leonor Madalena de Neuburgo.

  4. O Sacro Império Romano-Germânico foi uma complexa entidade política que existiu de 962 a 1806, abrangendo vastas áreas da Europa Central e governada por um imperador que tinha uma autoridade limitada sobre os numerosos estados e territórios autônomo

  5. José II (em latim: Iosephus II; Viena, 13 de março de 1741 – Viena, 20 de fevereiro de 1790) foi o Imperador Romano-Germânico e Arquiduque da Áustria de 1765 até sua morte, além de Rei da Hungria, Croácia e Boêmia a partir de 1780.

  6. Da mesma forma, o Imperador José I, do Sacro Império Romano-Germânico e arquiduque da Áustria, também tinha medo que isso ocorresse. Assim, este imperador defendia a candidatura do seu irmão Carlos para o trono espanhol. Por isso, se forma a “Aliança de Haya” com Inglaterra e o Sacro Império.

  7. Em seu lugar é coroado Otto I, o primeiro Imperador da extensão territorial denominada Sacro Império Romano-Germânico. Otto I era duque da Saxônia, rei da Alemanha e Itália. A coroação, presidida pelo Papa João XII, só ocorreu com a garantia da independência dos estados pontifícios.