Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Joaquim da Dinamarca, Conde de Monpezat (nascido Joaquim Holger Valdemar Cristiano, em dinamarquês: Joachim Holger Waldemar Christian; Copenhague, 7 de junho de 1969) é um aristocrata e membro da família real dinamarquesa por ser o filho mais novo da rainha Margarida II e de seu marido, o príncipe Henrique de Laborde de Monpezat ...

  2. Prince Joachim of Denmark, Count of Monpezat, RE, SKmd ( Danish pronunciation: [ˈjoːæˌkʰim]; Joachim Holger Waldemar Christian; born 7 June 1969) is a member of the Danish royal family. The younger son of Queen Margrethe II, he is fifth in the line of succession to the Danish throne, following the four children of his elder ...

  3. 3 de out. de 2022 · O facto de o príncipe Frederico parecer ter ficado do lado da mãe após a rainha Margarida ter decidido retirar os títulos aos quatro filhos do príncipe Joaquim fez que com a tensão entre os dois irmãos aumentasse.

  4. 25 de jul. de 2020 · G1. Joaquim, de 51 anos, foi internado na sexta-feira e submetido neste sábado (25) a uma cirurgia bem-sucedida para retirada de um coágulo. Ele é o irmão mais novo do príncipe Federico, que um dia deve substituir sua mãe, a rainha Margaret II, no trono.

  5. Depois de quatro anos a viver em Paris com a família, o príncipe Joaquim da Dinamarca, o filho mais novo da rainha Margarida, mudou-se agora para o outro lado do oceano e começou esta sexta-feira, dia 1 de setembro, a trabalhar em Washington, nos Estados Unidos, no Ministério da Defesa, mais concretamente na indústria de defesa na ...

  6. 30 de nov. de 2022 · O príncipe Joaquim da Dinamarca e a mulher, a princesa Marie, deverão mudar-se com os dois filhos para os Estados Unidos já no próximo verão. A notícia está a ser avançada pela imprensa internacional, que refere que o filho mais novo da rainha Margarida terá encontrado trabalho na área da indústria da defesa em Washington ...

  7. 13 de ago. de 2020 · Aos 51 anos de idade, Joaquim da Dinamarca, sexto na linha de sucessão ao trono, teve alta onze dias depois de passar por uma cirurgia de emergência no Hospital Universitário de Toulouse, no sul da França. Segundo a imprensa internacional, os médicos da instituição garantiram que ele não terá sequelas do AVC.