Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. João; Príncipe do Reino Unido; Nascimento 12 de julho de 1905 Sandringham, Reino Unido: Morte 18 de janeiro de 1919 (13 anos) Sandringham, Reino Unido: Sepultado em Igreja de Santa Maria Madalena, Sandringham, Inglaterra: Nome completo John Charles Francis [nota 1] Casa: Saxe-Coburgo-Gota (1905–1917) Windsor (1917–1919) Pai ...

  2. Os monarcas britânicos são os soberanos que reinaram sobre o Reino da Grã-Bretanha, o Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda e o Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte desde 1707.

  3. João do Reino Unido (nome pessoal em inglês: John Charles Francis) ( Sandringham, 12 de julho de 1905 - 18 de janeiro de 1919) foi o mais novo dos seis filhos do rei Jorge V do Reino Unido e de sua esposa, a rainha Maria de Teck. À época do seu nascimento, seu pai era o Príncipe de Gales e herdeiro do rei Eduardo VII.

  4. Do manuscrito De Rege Johanne, 1300-1400. O rei João foi rei da Inglaterra de 1199 a 1216. Ele perdeu muitas das terras angevinas de sua família no continente e foi forçado a conceder vários direitos a seus barões na Carta Magna , o que levou João a ser considerado um fracasso colossal. Nos últimos anos, muitas reputações ruins foram ...

  5. João , também conhecido como João Sem-Terra, foi o Rei da Inglaterra de 1199 até sua morte. João perdeu o Ducado da Normandia e muitas de suas outras possessões para o rei Filipe II em 1204, resultando na queda de quase todo Império Angevino e contribuindo para o crescimento da dinastia Capetiana no século XIII.

  6. Pedro I (1822-1831) e d. Pedro II (1841-1889). Mas, o primeiro rei de Bragança a governar a partir do país foi d. João VI, monarca do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves (1808-1821), que aportou no Rio de Janeiro em 1808, em consequência da invasão de Napoleão a Portugal.

  7. Em 6 de fevereiro de 1818, D. João VI foi aclamado rei do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarve. Embora governasse como rei desde 20 de março de 1816 quando faleceu sua mãe, a rainha D. Maria I, a Louca, a aclamação só aconteceu quase dois anos depois. João VI era o segundo filho de D. Maria I e, portanto, não esperava a vir a ser rei.