Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Jaime IV (Stirling, 17 de março de 1473 – Branxton, 9 de setembro de 1513) foi o Rei da Escócia de junho de 1488 até sua morte. É geralmente considerado como um dos mais bem sucedidos monarcas escoceses da Casa de Stuart, porém seu reinado terminou de forma desastrosa na Batalha do Campo de Flodden, tornando-se o último ...

  2. Jaime VI & I (Edimburgo, 19 de junho de 1566 – Cheshunt, 27 de março de 1625) foi o Rei da Escócia como Jaime VI e Rei da Inglaterra e Irlanda pela União das Coroas como Jaime I. Ele reinou na Escócia desde 1567 e na Inglaterra a partir de 1603 até sua morte.

  3. Jaime IV foi o Rei da Escócia de junho de 1488 até sua morte. É geralmente considerado como um dos mais bem sucedidos monarcas escoceses da Casa de Stuart, porém seu reinado terminou de forma desastrosa na Batalha do Campo de Flodden, tornando-se o último monarca britânico a morrer em batalha.

  4. Jaime IV foi o Rei da Escócia entre 1488 e 1513. Ele era filho de Jaime III e Margaret of Denmark, e o segundo filho do casal a herdar o trono. Jaime IV foi um rei bem-sucedido e visionário, que deixou um grande legado para o seu país. Os primeiros anos de Jaime IV: Como a infância influenciou o futuro?

  5. Signature. James IV (17 March 1473 – 9 September 1513) was King of Scotland from 11 June 1488 until his death at the Battle of Flodden in 1513. He inherited the throne at the age of fifteen on the death of his father, James III, at the Battle of Sauchieburn, following a rebellion in which the younger James was the figurehead of the rebels.

  6. Jaime V (Linlithgow, 10 de abril de 1512 – Falkland, 14 de dezembro de 1542) foi o Rei da Escócia de setembro de 1513 até sua morte. Era filho do rei Jaime IV e Margarida Tudor, ascendendo ao trono com apenas um ano de idade após a morte de seu pai na Batalha do Campo de Flodden.

  7. Os principais atrativos do Palácio são a Capela de Santa Margarida, os cômodos reais e o Grande Hall, construído em 1511 por Jaime IV da Escócia; as masmorras militares, as quais abrigaram como prisioneiros marinheiros de várias nações; e a Mons Meg, um protótipo dos primeiros canhões do continente europeu.