Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. O Infante Dom Henrique de Avis, 1.º duque de Viseu e 1.º senhor da Covilhã (Porto, 4 de março de 1394 – Sagres, 13 de novembro de 1460), [1] foi um infante português e a mais importante figura do início da era das descobertas, popularmente conhecido como Infante de Sagres ou O Navegador.

  2. 8 de dez. de 2023 · Conheça a vida e a obra do infante D. Henrique, o navegador, que foi um dos principais impulsionadores da expansão marítima portuguesa. Saiba como ele fundou a vila de Sagres, explorou novas terras, fundou a Ordem de Cristo e morreu em 1460.

  3. 4 de ago. de 2021 · Príncipe D. Henrique, o Navegador (mais conhecido como Infante Dom Henrique, 1394-1460) foi um príncipe português que conquistou a cidade de Ceuta, no norte de África, patrocinou viagens de exploração com o objetivo de estabelecer colónias no Atlântico Norte e África Ocidental, e iniciou o envolvimento português no ...

    • Mark Cartwright
  4. 19 de mar. de 2023 · Conheça a vida e a obra do Infante D. Henrique, o Navegador, que impulsionou as viagens marítimas e a expansão ultramarina de Portugal. Saiba como ele valorizou o conhecimento, a educação e a religião, e como se destacou na Europa e na História da Humanidade.

    • Infante Dom Henrique1
    • Infante Dom Henrique2
    • Infante Dom Henrique3
    • Infante Dom Henrique4
    • Infante Dom Henrique5
  5. Saiba como o Infante D. Henrique (1394-1460) foi um dos principais protagonistas da epopeia dos descobrimentos portugueses. Veja como ele incentivou, apoiou e organizou as viagens de exploração e conquista de novos territórios.

  6. O Infante Dom Henrique, que foi fundamental para o futuro das navegações, era um rapaz bastante idealista, cuja coragem beirava a imprudência, já que tinha uma visão distorcida da Providência Divina.

  7. Saiba quem foi o infante D. Henrique, o filho do rei D. João I que patrocinou as viagens de exploração e conquista do Atlântico. Conheça a sua biografia, os seus feitos, a sua imagem e a sua influência na cultura portuguesa.

  1. As pessoas também buscaram por