Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Humberto II (Racconigi, 15 de setembro de 1904 – Genebra, 18 de março de 1983), apelidado de "o Rei de Maio", foi o último Rei da Itália entre maio e junho de 1946. Era o único filho homem do rei Vítor Emanuel III e da princesa Helena de Montenegro.

    • Ele mesmo (como rei da Itália)
    • Monarquia Abolida (Alcide De Gasperi como primeiro-ministro)
  2. 13 de jul. de 2020 · Umberto II foi o último rei da Itália e comandou a nação durante 34 dias, após uma tentativa frustrada de restaurar a monarquia italiana, após a ditadura de Benito Mussolini. Em uma entrevista ao jornal italiano La Settimana Incom Illustrata, em 1959, o monarca revelou que seu pai, o rei Victor Emmanuel III , sabia dos riscos em nomear o ...

  3. 13 de jan. de 2024 · Humberto II (Racconigi, 15 de setembro de 1904 – Genebra, 18 de março de 1983), apelidado de "o Rei de Maio", foi o último Rei da Itália entre maio e junho de 1946. Era o único filho homem do rei Vítor Emanuel III e da princesa Helena de Montenegro.

  4. 24 de mai. de 2014 · A história de Humberto II de Itália que viveu 36 anos exilado em Cascais. Entre 1939 e a década de 50 entraram em Portugal mais de 20 mil estrangeiros. Famílias inteiras que fugiram da Segunda Guerra Mundial. Escolhiam sobretudo Cascais e o Estoril para residir.Foi o caso do rei Humberto II de Itália que viveu 36 anos exilado em Cascais.

  5. Juventud El Príncipe Heredero de Italia, Humberto de Saboya es recibido en el puerto de Buenos Aires por el presidente Marcelo Torcuato de Alvear, al inicio de su gira por la Argentina. Agosto de 1924.

    • Umberto Nicola Tommaso Giovanni Maria di Savoia
    • Su Majestad
  6. Humberto I ( Turim, 14 de março de 1844 – Monza, 29 de julho de 1900) foi o Rei da Itália de 1878 até seu assassinato. Era o filho homem mais velho do rei Vítor Emanuel II e sua esposa a arquiduquesa Adelaide da Áustria . Humberto aprovou em 1882 a Tríplice Aliança com o Império Alemão e a Áustria-Hungria.

  7. Humberto II, o último rei da Itália. Tal como o Japão e a Alemanha, o rescaldo da Segunda Guerra Mundial deixou a Itália com uma economia destruída, uma sociedade dividida e raiva contra a monarquia pelo seu apoio ao regime fascista durante os vinte anos anteriores.