Yahoo Search Busca da Web

  1. Cerca de 19.400 resultados de busca

  1. 21 de jan. de 2023 · Desde que seu pai, Henrique VII, governava a Inglaterra, era quem ocupava esse cargo que gerenciava, também, as finanças pessoais do rei — ou seja, limpar o 'bumbum real' também vinha com a tarefa de controlar toda a política fiscal da Inglaterra. Retrato de Henrique VII, pai de Henrique VIII / Crédito: Domínio Público via Wikimedia Commons

  2. 23 de jan. de 2023 · Em 1514, um ambicioso projeto encomendado pelo cardeal Thomas Wolsey, então ministro-chefe do rei Henrique VIII, marcaria a história da Inglaterra, sendo um símbolo da era Tudor. Confeccionado nos anos seguintes, o palácio do monarca não apenas sediou suas principais decisões, inclusive quando rompeu com Thomas, mas foi preservado por séculos, sendo um símbolo arqueológico da monarquia.

  3. 24 de jan. de 2023 · Além disso, temos a Anulação do casamento de Henrique VIII, que levou à separação da Igreja da Inglaterra e de Roma, e sua excomunhão, entre outros documentos que estão reunidos em mais de 30 mil volumes e têm mais de mil anos de história. Em 1881, o papa Leão XIII permitiu o acesso ao Arquivo Secreto do Vaticano, assim denominado naquela época.

  4. 25 de jan. de 2023 · 1533 — Henrique VIII da Inglaterra casa-se secretamente com sua segunda esposa, Ana Bolena. 1554 — São Paulo, capital do estado brasileiro homônimo, é fundada por doze padres jesuítas, entre eles Manuel da Nóbrega e São José de Anchieta. 1569 — De Madri (Espanha), o rei Felipe II cria o Tribunal da Inquisição nas colônias americanas.

  5. Há 2 dias · Henry II (5 March 1133 – 6 July 1189), also known as Henry Curtmantle (French: Court-manteau ), Henry FitzEmpress, or Henry Plantagenet, was King of England from 1154 until his death in 1189, and as such, was the first Angevin king of England. King Louis VII of France made him Duke of Normandy in 1150.

  6. 22 de jan. de 2023 · 5) (FCC-SP) O Ato de Supremacia, promulgado por Henrique VIII, na Inglaterra, contribuiu para: a) divulgar intensamente a doutrina calvinista no país, sobretudo na região da Escócia. b) iniciar a expansão externa, formando, assim, as bases do império colonial inglês.