Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Gonçalves Dias foi um dos maiores poetas da primeira geração romântica do Brasil. Foi patrono da cadeira 15 na Academia Brasileira de Letras (ABL). Lembrado como poeta indianista, ele escreveu sobre temas relacionados à figura do índio. Além de poeta, ele foi jornalista, advogado e etnólogo.

  2. Antônio Gonçalves Dias (Aldeias Altas, 10 de agosto de 1823 – Guimarães, 3 de novembro de 1864) foi um poeta, advogado, jornalista, etnógrafo e teatrólogo brasileiro. [2]

  3. Há 5 dias · Gonçalves Dias é um autor da primeira geração do Romantismo brasileiro. Escreveu poemas de caráter indianista, nos quais o indígena é o elemento central, e também nacionalista, por ...

  4. 2 de fev. de 2022 · Gonçalves Dias (1823-1864) foi um poeta, professor, jornalista e teatrólogo brasileiro. É lembrado como o grande poeta indianista da Primeira Geração Romântica. Deu romantismo ao tema índio e uma feição nacional à sua literatura. É considerado um dos melhores poetas líricos da literatura brasileira. É Patrono da cadeira n.º15 da ...

  5. Gonçalves Dias (Antônio Gonçalves Dias), poeta, professor, crítico de história, etnólogo, nasceu em Caxias, MA, em 10 de agosto de 1823, e faleceu em naufrágio, no Maixio dos Atins, MA, em 3 de novembro de 1864. É o patrono da cadeira n. 15, por escolha do fundador Olavo Bilac.

  6. Gonçalves Dias é tido como o primeiro poeta autêntico do movimento romântico no Brasil. Tendo influenciado outros grandes nomes da literatura nacional, desde Álvares de Azevedo a Manuel Bandeira, passando por Machado de Assis e Olavo Bilac, o autor de “Canção do exílio” é o patrono da cadeira n. 15 da Academia Brasileira de Letras.

  7. Gonçalves Dias é um escritor brasileiro da primeira geração romântica. Ele nasceu em 10 de agosto de 1823, no estado do Maranhão, e morreu, vítima de um naufrágio, em 3 de novembro de 1864. Filho de um português e de uma brasileira descendente de índios e negros, o poeta estudou em Portugal, onde compôs o seu famoso poema Canção do ...

  1. As pessoas também buscaram por