Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Gaspar de Bragança (Lisboa, 8 de Outubro de 1716 - Braga, Sé, 18 de Janeiro de 1789) foi um filho ilegítimo do Rei D. João V de Portugal, duma relação que este manteve com uma religiosa, Madalena Máxima da Silva de Miranda Henriques, sendo o segundo dos chamados meninos de Palhavã.

  2. 1 de mai. de 2022 · Sé de Braga, Braga, Portugal. Genealogy for D. Gaspar de Bragança, Arcebispo de Braga (1716 - 1789) family tree on Geni, with over 255 million profiles of ancestors and living relatives.

  3. Gaspar de Bragança ( Lisboa, 8 de Outubro de 1716 - Braga, Sé, 18 de Janeiro de 1789) foi um filho ilegítimo do Rei D. João V de Portugal, duma relação que este manteve com uma religiosa, Madalena Máxima da Silva de Miranda Henriques, sendo o segundo dos chamados meninos de Palhavã.

  4. Dom Gaspar de Bragança, em 1773, a pedido da Mesa do Bom Jesus, conseguiu, junto do Papa Clemente XIV, que fossem concedidas graças espirituais, com que a Igreja costuma beneficiar os romeiros que visitavam os lugares consagrados pela piedade cristã.

  5. Dom Gaspar de Bragança, em 1773, a pedido da Mesa do Bom Jesus, conseguiu, junto do Papa Clemente XIV, que fossem concedidas graças espirituais, com que a Igreja costuma beneficiar os romeiros que visitam os lugares consagrados pela piedade cristã.

  6. As exéquias de D. Gaspar de Bragança na Sé de Braga. Abstract – A recently discovered drawing by Carlos Amarante reveals the cenotaph built in the main chapel of Bragas cathedral for the memo-rial ceremonies of the archbishop D. Gaspar de Bragança, who died in 1789.

  7. D. Gaspar de Bragança2 nasceu em Lisboa, a oito de Outubro de 1716 e morreu em Braga, em dezoito de Janeiro de 1789. Era um dos três “meninos de Palhavã”, tendo sido perfilhado pelo monarca D. João V em Agosto de 1742, é reconhecido como irmão por D. José I em Agosto de 17523.