Yahoo Search Busca da Web

  1. Cerca de 7.290.000 resultados de busca

  1. Eduardo VII (Londres, 9 de novembro de 1841 – Londres, 6 de maio de 1910) foi Rei do Reino Unido e da Irlanda, dos Domínios Britânicos e Imperador da Índia de 1901 até sua morte. Filho mais velho da rainha Vitória e do príncipe Alberto de Saxe-Coburgo-Gota , seu reinado de mais de nove anos ficou conhecido como a era eduardiana .

    • Início de Vida
    • Vida Adulta
    • Casamento
    • Herdeiro Aparente
    • Reinado
    • Legado
    • títulos, Estilos, Honras E Brasões
    • Ligações Externas

    Alberto Eduardo nasceu às 10h48min do dia 9 de novembro de 1841 no Palácio de Buckingham, Londres.[1] Era o segundo filho, primeiro homem, da rainha Vitória do Reino Unido e seu marido o príncipe Alberto de Saxe-Coburgo-Gota. Ele foi batizado em 25 de janeiro de 1842 na Capela de São Jorge, Castelo de Windsor. Seus padrinhos foram o rei Frederico G...

    Eduardo realizou em 1860 a primeira viagem de um herdeiro britânico para a América do Norte. Seu bom humor e cordialidade fizeram da visita um grande sucesso. Ele inaugurou em Montreal, Canadá, a Victoria Bridge sobre o rio São Lourenço e colocou a pedra fundamental da Colina do Parlamento em Ottawa. Nos Estados Unidos o príncipe viu Charles Blondi...

    Uma vez viúva, Vitória retirou-se totalmente da vida pública. Ela fez com que Eduardo embarcasse em uma longa viagem pelo Oriente Médio logo depois da morte de Alberto, passando pelo Egito, Jerusalém, Damasco, Beirute e Constantinopla.[21] Parcialmente pela política, o governo britânico queria que o príncipe ficasse amigo de Sa'id Pasha do Egito a ...

    Eduardo foi o pioneiro, durante a viuvez de Vitória, da ideia de aparições públicas reais como são compreendidas hoje – por exemplo, as inaugurações do aterro do Tâmisa em 1871, do Túnel Mersey em 1886 e da Tower Bridge em 1894.[36] Porém, foi apenas em 1898 que a rainha permitiu que o filho tivesse um papel ativo na administração do país.[37][38] ...

    Ascensão

    Vitória morreu em 22 de janeiro de 1901 e Eduardo se tornou rei do Reino Unido, Imperador da Índia e, como inovação, dos Domínios Britânicos de Além-mar.[62] Ele escolheu reinar como Eduardo VII em vez de Alberto Eduardo – o nome que sua mãe queria que usasse, declarando que não desejava "subestimar o nome de Alberto" e diminuir a posição de seu pai com quem o "nome deve permanecer sozinho".[63] O numeral VII era ocasionalmente omitido na Escócia, até pela igreja nacional, em defesa dos prote...

    "Tio da Europa"

    Como rei, os principais interesses de Eduardo eram assuntos estrangeiros e questões militares e navais. Fluente em francês e alemão, ele fez várias visitas internacionais e passava férias anuais em Biarritz e Mariánské Lázně.[44] Uma de suas mais importantes viagens foi uma visita oficial a França em 1903 como convidado do presidente Émile Loubet. Depois de uma visita ao Papa Leão XIII em Roma, esta viagem ajudou a criar uma atmosfera de uma Entente Cordiale anglo-francesa e um acordo delinea...

    Opiniões políticas

    Eduardo envolvia-se bastante em discussões sobre reformas militares, cuja necessidade ficou aparente após as várias falhas na Segunda Guerra dos Bôeres. Ele apoiava uma mudança no comando do exército, a criação de uma força territorial e a decisão de enviar uma força expedicionária à França em caso de guerra contra a Alemanha.[84] Reformas na Marinha Real também foram sugeridas, parcialmente devido as sempre crescentes estimativas orçamentárias e porque a Kaiserliche Marine estava emergindo c...

    Como rei, Eduardo mostrou-se um sucesso muito maior que o esperado, porém já era um homem velho e teve pouco tempo para realizar seu papel. Em seu curto reinado, garantiu que seu filho e herdeiro, Jorge V, estivesse mais bem preparado para assumir o trono. Contemporâneos descreveram a relação dos dois mais como irmãos afetuosos do que pai e filho,[...

    Títulos e estilos

    1. 9 de novembro – 8 de dezembro de 1841: Sua Alteza Real, o Duque da Cornualha 2. 8 de dezembro de 1841 – 22 de janeiro de 1901: Sua Alteza Real, o Príncipe de Gales 2.1. Na Escócia, 9 de novembro de 1841 – 22 de janeiro de 1901: Sua Alteza Real, o Duque de Rothesay" 3. 22 de janeiro de 1901 – 6 de maio de 1910: Sua Majestade, o Rei 3.1. Na Índia: Sua Majestade Imperial, o Rei-Imperador Como rei seu título completo era: Eduardo VII, pela Graça de Deus, do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irland...

    Brasões

    Como Príncipe de Gales, Eduardo usava o brasão real de armas do Reino Unido diferenciado por um lambel argento de três pés e um escudo interior com o brasão da Saxônia, representando seu pai. Como rei, ele possuía as armas reais de sua mãe sem diferenciação.[134] Esquatrelado: I e IV goles, três leões passant guardant or em pala (pela Inglaterra); II or, um leão rampant dentro de um tressure flory-contra-flory goles (pela Escócia); III Azure, uma harpa or com cordas argento (pela Irlanda).[135]

    Retratos de Eduardo VII do Reino Unido (em inglês) na National Portrait Gallery
    Materiais relacionados a Eduardo VII do Reino Unido (em inglês) nos Arquivos Nacionais
  2. Eduardo VII del Reino Unido (nacido como Albert Edward; Londres; 9 de noviembre de 1841-Londres, 6 de mayo de 1910) fue el rey del Reino Unido y de los Dominios Británicos de Ultramar y emperador de la India desde su ascenso al trono, el 22 de enero de 1901, hasta su muerte. Su reinado de más de nueve años fue conocido como la era eduardiana.

    • Alberto Eduardo, (en inglés, Albert Edward)
    • Jorge V
  3. Os descendentes de Jorge I da Casa de Hanôver reinaram sobre os reinos até 1901, quando o rei Eduardo VII ascendeu ao trono como membro da Casa de Saxe-Coburgo-Gota. Seu sucessor, o rei Jorge V , alterou o nome para Casa de Windsor em 1917, com esta continuando como a casa real britânica até hoje.

    • Primeiros Anos
    • Educação
    • Príncipe de Gales
    • Romances
    • Reinado
    • Abdicação
    • Ducado de Windsor
    • Segunda Guerra Mundial
    • Últimos Anos
    • títulos, Honras E Armas

    Eduardo nasceu em 23 de junho de 1894, em White Lodge, Richmond Park, nos arredores de Londres, durante o reinado de sua bisavó, a rainha Vitória.[1] Era o filho mais velho do duque e duquesa de Iorque (futuros rei Jorge V e rainha Maria) e neto dos príncipe e princesa de Gales (futuros rei Eduardo VII e rainha Alexandra) pelo lado paterno e do duq...

    Inicialmente, Eduardo teve aulas em casa com sua tutora, Helen Bricka. Após a morte da rainha Vitória, em 1901, seus pais viajaram pelo Império Britânico por quase nove meses, mas Eduardo e seus irmãos permaneceram na Inglaterra sob os cuidados de seus avós, o rei Eduardo VII e a rainha Alexandra. Com o retorno dos príncipes de Gales, Eduardo foi c...

    Eduardo foi oficialmente investido como príncipe de Gales, numa cerimônia especial no Castelo de Caernarfon, em 13 de julho de 1911.[13] A posse ocorreu no País de Gales por incentivo do político galês David Lloyd George, condestável do castelo e ministro do tesouro no governo liberal.[14] Lloyd George criou uma cerimônia no estilo de um desfile de...

    Eduardo era um mulherengo compulsivo e seu comportamento imprudente nos anos 1920 e 1930 preocupavam o primeiro-ministro Baldwin, o rei Jorge V e as pessoas próximas ao príncipe. Alan Lascelles, secretário particular de Eduardo por oito anos, acreditava nesse período que "por alguma razão hereditária ou fisiológica seu desenvolvimento mental normal...

    Com a morte de Jorge V, em 20 de janeiro de 1936, Eduardo subiu ao trono com o título de Eduardo VIII. No dia seguinte, ele quebrou o protocolo real ao assistir à proclamação da sua própria ascensão de uma janela, na companhia da ainda casada Wallis Simpson.[39] Eduardo tornou-se o primeiro monarca do Império Britânico a viajar em um avião, quando ...

    Em 16 de novembro de 1936, Eduardo convidou o primeiro-ministro Stanley Baldwin ao Palácio de Buckingham e expressou seu desejo de se casar com Wallis Simpson tão logo ela estivesse livre para casar-se novamente. Baldwin informou-lhe que seus súditos considerariam o casamento moralmente inaceitável, principalmente porque uma nova união após o divór...

    Em 12 de dezembro de 1936, na reunião de ascensão do Conselho Privado, Jorge VI anunciou que fez de seu irmão "Sua Alteza Real, o Duque de Windsor".[69] Ele queria que este fosse o primeiro ato de seu reinado, embora os documentos formais tenham sido assinados somente em 8 de março do ano seguinte. Nesse ínterim, Eduardo era universalmente conhecid...

    Em outubro de 1937, contra o conselho do governo britânico, o duque e a duquesa visitaram a Alemanha, onde encontraram Adolf Hitler, em seu retiro de Obersalzberg. Durante a visita, que foi bastante divulgada pelos meios de comunicação alemães, Eduardo fazia saudações nazistas.[79] O ex-embaixador austríaco, conde Albert von Mensdorff-Pouilly-Dietr...

    Eduardo e Wallis voltaram para a França, onde passaram o resto de suas vidas, essencialmente retirados da corte britânica.[nota 5] O subsídio do duque foi complementado pelo governo e pelo comércio ilegal de divisas.[3][103][104] A cidade de Paris ofereceu ao duque uma casa na 4 Route du Champ d'Entraînement, em Neuilly-sur-Seine, ao lado do Bois d...

    Títulos

    Como monarca do Reino Unido, recebeu o título formal de Sua Majestade, Eduardo Oitavo, pela Graça de Deus, da Grã-Bretanha, Irlanda e dos Domínios Britânicos de além-mar, Rei, Defensor da Fé, Imperador da Índia. No quotidiano, enquanto rei, era chamado de Sua Majestade, o Rei Eduardo ou simplesmente O Rei. Ao longo da sua vida, os seus títulos foram: 1. 23 de junho de 1894 - 24 de maio de 1898: Sua Altezapríncipe Eduardo de Iorque 2. 24 de maio de 1898 - 22 de janeiro de 1901: Sua Alteza Real...

    Armas

    Como príncipe de Gales, as armas de Eduardo as do brasão real do Reino Unido, diferenciado por um lambel de argent de três pés com um escudo representando Gales encimado por uma coroa (idêntico ao de Carlos, o atual príncipe de Gales). Como Soberano, ele portava as armas reais sem diferenciação. Após sua abdicação, ele voltou a usar as armas diferenciadas por um lambel de argent de três pés, mas dessa vez com uma coroa imperial no pé central.[125]