Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Brígida de Iorque (em inglês: Bridget; Palácio de Eltham, 10 de novembro de 1480 — Kent, 1517) foi uma princesa inglesa como filha do rei rei Eduardo IV e de Isabel Woodville. Família

    • 1517 (37 anos)
  2. Brígida de Iorque (em inglês: Bridget; Palácio de Eltham, 10 de novembro de 1480 — Kent, 1517) foi uma princesa inglesa como filha do rei rei Eduardo IV e de Isabel Woodville. Quick facts: Brígida de Iorque, Princesa de Inglaterra ...

  3. Brígida de York [1] (Eltham, Londres; 10 de noviembre de 1480 - Kent, 1517), princesa de Inglaterra, fue la última hija de los diez hijos del rey Eduardo IV de Inglaterra y de Isabel Woodville. Primeros años [ editar ]

    • Brígida E Catarina: Papa, Volte para Roma!
    • Mulher Pela Paz Na Europa
    • Co-Padroeira Da Europa

    Brígida fez uma escolha decisiva: despojou-se dos seus bens e foi viver no mosteiro cisterciense de Alvastra. Naquela época, destacavam-se muitas experiências místicas, depois relatadas nos oito livros das Revelações. Aqui, também teve início a sua nova missão. Em 1349, Brígida foi a Roma para obter o reconhecimento da sua Ordem, dedicada ao Santís...

    Outro "aspecto" do forte compromisso de Brígida era a paz na Europa. Naquele tempo, as suas obras de caridade foram decisivas. Ela, que era nobre, vivia na pobreza, a ponto de pedir esmolas nas portas das igrejas. Aquele também era um período de peregrinações a vários lugares da Itália, de Assis a Gargano. Enfim, a peregrinação das peregrinações à ...

    Canonizada em 1391, por Bonifácio IX, Santa Brígida é a padroeira da Suécia. Em 1999, foi declarada também co-padroeira da Europa, por São João Paulo II. Na ocasião, o Papa destacou: “A Igreja, sem se pronunciar sobre cada uma das revelações, aceitou a autenticidade do conjunto das suas experiências interiores”. A figura de Santa Brígida foi muito ...

  4. As quinze orações de Santa Brígida. Estas famosas orações em honra à Paixão de Cristo muito provavelmente não foram escritas por Santa Brígida. Mas a espiritualidade de sua Ordem está aqui, e o valor catequético e penitencial desta devoção permanece em nossos dias. As quinze orações a seguir, atribuídas a S. Brígida da Suécia ...