Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. 17 de jan. de 2024 · Após a morte da rainha Ana da Grã-Bretanha, Jorge ascendeu ao trono britânico aos 54 anos como o primeiro monarca da Casa de Hanôver. Apesar de mais de cinquenta católicos terem uma relação de parentesco mais próxima de Ana, o Decreto de Estabelecimento de 1701 impedia que católicos assumissem o trono britânico; Jorge era o parente protestante mais próximo da rainha.

  2. Em 1714, a rainha Ana morreu, e o avô de Carolina tornou-se rei Jorge I da Grã-Bretanha, o que automaticamente fez com que o seu pai se tornasse príncipe de Gales. Com apenas um ano de idade, Carolina acompanhou a mãe e as duas irmãs mais velhas, a princesa Ana e a princesa Amélia , para a Grã-Bretanha, onde a família passou a viver no Palácio de St. James .

  3. Jorge II ( Hanôver, 10 de novembro de 1683 – Londres, 25 de outubro de 1760 ), da Casa de Hanôver, foi Rei da Grã-Bretanha e Irlanda de 1727 até à sua morte. Foi ainda príncipe-eleitor de Hanôver e duque de Brunsvique-Luneburgo . Jorge foi o último monarca britânico a nascer fora da Grã-Bretanha: nasceu e foi criado no norte do ...

  4. 19 de jan. de 2019 · Em 12 anos de reinado, a rainha Anne viu a unificação da Escócia e da Inglaterra, o que fez dela a primeira rainha da Grã-Bretanha na história. Por BBC . 19/01/2019 14h46 Atualizado 19/01/2019 .

  5. 28 de jul. de 2008 · A província da Bretanha é a maior área costeira francesa e tem como capital a cidade de Rennes. Por volta do século 6, essa região foi invadida por habitantes da atual Grã-Bretanha, os ...

  6. Jorge Guilherme da Grã-Bretanha. Jorge Guilherme da Grã-Bretanha ( 13 de novembro de 1717 - 17 de fevereiro de 1718) foi um membro infante da família real britânica, filho do rei Jorge II e da princesa Carolina de Ansbach que, na altura do seu nascimento, eram ainda príncipes de Gales. Jorge morreu aos três meses e quatro dias de idade.

  7. Depois da conquista da Gália pelos Romanos, a Bretanha fazia parte da Armórica (aremoricae – que está frente ao mar). Cerca de 500 d.C., os Bretões da ilha da Bretanha (a Grã-Bretanha actual), atacados pelos Anglo-saxões emigraram para aí, trazendo os seus costumes e língua.