Yahoo Search Busca da Web

Resultado da Busca

  1. Ad maiorem Dei gloriam ou ad majorem Dei gloriam ("para maior glória de Deus ", em latim ), também conhecido pelo acrônimo AMDG, é o lema da Companhia de Jesus, cujos membros são comumente conhecidos como jesuítas. A Companhia é uma ordem religiosa dentro da Igreja Católica Romana .

  2. Ad maiorem Dei gloriam or Ad majórem Dei glóriam, also rendered as the abbreviation AMDG, is the Latin motto of the Society of Jesus (Jesuits), an order of the Catholic Church. It means "For the greater glory of God."

  3. Ad maiorem Dei gloriam ou ad majorem Dei gloriam ("para maior glória de Deus", em latim), também conhecido pelo acrônimo AMDG, é o lema da Companhia de Jesus, cujos membros são comumente conhecidos como jesuítas. A Companhia é uma ordem religiosa dentro da Igreja Católica Romana.

  4. Ad maiorem Dei gloriam. (Reindirizzamento da Ad Maiorem Dei Gloriam) Ad maiorem Dei gloriam è una frase latina, dal significato letterale: «per la maggior gloria di Dio». La frase si trova per la prima volta nei Dialoghi (1,2) di San Gregorio Magno, anche se già nella Prima lettera ai Corinzi di san Paolo si trova già la frase ...

  5. Ad Maiorem Dei Gloriam significa “para maior glória de Deus”. É uma frase latina usada por muitos cristãos para expressar o objetivo de suas ações, sejam elas grandes ou pequenas. Esta frase foi cunhada pelo santo espanhol Ignácio de Loyola e tornou-se um lema popular entre os jesuítas.

  6. Ad maiorem Dei gloriam ou en lettres ramistes Ad majorem Dei gloriam est une locution latine qui signifie « Pour la plus grande gloire de Dieu » 1 et qui se rencontre dans les œuvres de Grégoire le Grand : « sed ad maiorem Dei gloriam vicit pietas illud pectus virtutis » 2 ; l'Abbé Henry dans sa traduction en français publiée par Mame à Tours en...

  7. Ad maiorem Dei gloriam —también conocida por su abreviatura A. M. D. G.— es la divisa de la Compañía de Jesús, una orden religiosa católica. En latín significa literalmente «Para la mayor gloria de Dios» y se le atribuye al fundador de la orden, san Ignacio de Loyola , por el uso que hizo de dicha expresión en sus escritos.